Artista Plástica

Em 2009, Patrícia realizava confecções de mandalas e estava fazendo um curso de Reiki, que é uma prática enquadrada no vitalismo, energia vital universal, com essa nova experiência começou a trabalhar com cristais e pedras aderindo assim em seus mandalas executados, esses itens e direcionando-os ao equilíbrio do
campo energético.

Terapeuta Holística

Trabalho realizado por meio dos princípios da terapia holística, a qual olha um ser humano como um todo para “curar” adversidades.

Patrícia Morita

Patrícia Eico Morita é natural de Mauá- SP e descobriu sua paixão pela arte aos 5 anos de idade, quando fez seu primeiro desenho. A grande inspiração da artista ao longo dos anos foi seu pai (Mauro Eiji Morita), um arquiteto renomado.

Com o apoio dos familiares, Patrícia fez cursos para aprimorar suas habilidades. Em 1997-1999, realizou o curso de desenhos artísticos na Academia Brasileira de Arte (ABRA), em seguida, cursou artes plásticas entre 2000 – 2002 na Escola Panamericana de Arte e Design (EPA) e fez o curso de escultura e objetos, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), em 2003.

Após ter feito esses cursos, em 2004 a artista quis criar sua própria arte de pintura abstrata, efetivando seus trabalhos com cores fortes e intensas à tinta óleo. Já em 2005 diversificando um pouco seu trabalho, resolveu fazer pinturas com alto-relevo de formas geométricas em MDF e pintar telas com tintas acrílicas.

Em 2009, Patrícia realizava confecções de mandalas e estava fazendo um curso de Reiki, que é uma prática enquadrada no vitalismo, energia vital universal, com essa nova experiência começou a trabalhar com cristais e pedras aderindo assim em seus mandalas executados, esses itens e direcionando-os ao equilíbrio do campo energético.
Desde 2009 até 2018 a arte em fazer mandalas sempre esteve ligada com as terapias holísticas que Patrícia realizava, atendendo seus clientes com o trabalho voltado para a meditação. Em sua clínica o objetivo é que o paciente melhore sua qualidade de vida e chegue ao seu ponto máximo de equilíbrio físico, emocional e energético.
Ao falar sobre o mandala na entrevista, Patrícia comenta que esse objeto trás potencial de concentração de energia nos ambientes, harmonia, paz e deixa o ambiente leve além de decorar o local e ficar mais harmonioso. “Ajuda nas atividades de multitarefas em ambiente de stress”, relata a artista.

 
×